Parkinson, tremor e distúrbios de movimento

 

A Doença de Parkinson é uma doença caracterizada por tremor, rigidez nos membros, dificuldade de andar e algumas vezes com perda de equilíbrio. Não necessariamente precisa de apresentar todos os sintomas, qualquer um dos mencionados podem aparecer no início da doença. A demência é um quadro que pode aparecer na fase tardia (mais de 15 anos), caracterizado por perda de memória, incapacidade de entender os acontecimentos, palavras, se comunicar, ouvir corretamente, pensar, etc. O tratamento é MULTIDISCIPLINAR. Levodopa e combinação de medicamentos, fisioterapia apropriada, tratamento da depressão e terapia cognitiva, acompanhamento fonoaudiológico para alguns casos e cirúrgico com implante de eletrodo cerebral profundo para os casos graves que tiveram sucesso no início do tratamento com mais de 5 anos de doença.

Tremor essencial é uma outra condição que difere da doença de Parkinson, por acometer pessoas mais jovens evolução, pelo tipo de tremor que aparece mais evidente com com algum tipo de movimento, desaparece no momento de descanso das mãos ou com a ingesta de alguma bebida alcoólica. O tratamento na maioria dos casos é medicamentoso, por casos graves podem ser conduzido à cirurgia neurológica com excelentes resultados, como o implante de eletrodo cerebral profundo como na doença de Parkinson.

Distonias são movimentos descoordenados, acompanhados de torção que podem manter uma posição fixa e rígida, de difícil tratamento e que podem acometer um segmento do corpo (pescoço é muito comum), vários segmentos ou o corpo inteiro, qual chamamos de forma generalizada. Podem ter uma causa genética envolvida, quando há cruzamento genético nos filhos entre parentes de primeiro grau, ou serem relacionados a traumatismos cranianos, pós derrames cerebrais ou doenças neurológicas como a Esclerose Múltipla. Algumas medicações tem efeito benéfico em uma parte dos pacientes, mas a grande maioria são submetidos a diversos tipos de tratamento neurocirúrgico para controle dos movimentos.

Ataxias são doenças que levam ao desequilíbrio e pioram progressivamente ao passar dos anos, podem ser acompanhados de movimentos involuntários bruscos incessantes, como que ocorrem no tremor de Holmes. A grande maioria fica incapacitado para exercer funções simples como andar sozinho, comer e higienizar-se. Podem ser genéticas, degenerativas ou por sequelas de lesões que acometem o cerebelo ou suas conexões . Tratamento medicamentoso traz poucos benefícios e há um tipo de cirurgia pode ajudar no controle dos movimentos bruscos quando ocorrem de um lado do corpo.

 

Cadastre-se e receba mais informações


Agenda também pelo telefone: 11 5547-7793